I M P U N I D A D E - VERGONHA NACIONAL

É INACEITÁVEL QUE A IMPUNIDADE E A VIOLÊNCIA SEJAM TRANSFORMADAS EM VALORES LEGÍTIMOS DO MORAL NACIONAL*** Não existe democracia onde não existe segurança do Direito com Soberania, Paz Social, Progresso, Integração Nacional e Integridade do Patrimônio Nacional.

20070213

Maria Antonieta não disse, mas Ellen Gracie disse

Maria Antonieta não disse, mas Ellen Gracie disse

 A coitada da Maria Antonieta nunca sugeriu que os pobres comessem brioches já que não tinham pão. Ela só estava sendo vítima do, como chamarei?, petismo avant la lettre. Os caras vivem disso. A difamação ainda é a mais poderosa arma da esquerda. Atribui-se, por exemplo, a FHC o famoso “esqueçam o que escrevi”, jamais pronunciado. Até porque não haveria razão: sua obra escrita é coerente com sua obra vivida. Quem lhe atribuiu a frase nunca dita não leu seus livros. A segunda arma poderosa da esquerda e a avassaladora ignorância — ainda que não seja a do difamador, ele conta com a colaboração do ouvinte. Mas já fugi. Volto. Maria Antonieta não falou dos brioches, mas Ellen Gracie, a presidente do STF, ah, esta, sim, está pedindo que o povo se entupa de pitéus e acepipes se lhe falta o pão nosso de cada dia do Estado de Direito.

Voltou hoje à carga contra a diminuição da maioridade penal: “Geralmente se discute mudança a legislação quando há clima de comoção e emoção no país, e isso não é a melhor hora da discussão. A questão da criminalidade é bem mais ampla do que endurecimento de pena e dos regimes prisionais". Duas coisas:
1) a sociedade tem todo o direito de cobrar solução quando o problema se torna mais agudo. Dona Gracie faz de conta que a “comoção” falseia a questão. É o contrário, minha senhora: ela só evidencia a gravidade do caso, tornando-se um emblema e uma síntese de um desconforto e de um medo permanentes da sociedade.
2) O perigo da inação mora justamente neste “a questão é mais ampla”. É claro que é mais ampla. Sempre será. Ninguém está dizendo ou espera que apenas a diminuição da maioridade penal ponha um fim à violência.

Ela ainda não estava satisfeita e avançou: “Dimensionar tudo isso no menor é uma atitude errada em relação a nossa infância que merece educação, oportunidade para que não caia no mundo do crime". Quem é que está “dimensionando tudo isso no menor”? Esses brasileiros cretinos, ministra, estão apenas tentando diminuir a impunidade no país.

 

Ademais, a ministra é paga para dizer "o que resolve", não é mesmo? Dizer o que "não resolve", convenhamos, é bem mais barato. Qualquer um pode fazê-lo.

Por Reinaldo Azevedo | 15:26 | comentários (41)

Links indicados

Powered by Blogger

L I N K S

impUNIDADE

info impunidade

info impunidade i

serviço ao eleitor

VOTO CONSCIENTE

cmrj 63

IMORTAIS GUERREIROS

ucho.info

Alerta Total

Coturno Noturno

grupoguararapes

ternuma.

Brasil acima de tudo

salve a patria

Christina Fontenelle

NOSSA VOZ - INFOMIX II

CRISE AÉREA

A CRISE DAS VAIAS

notalatina

inconfidencia

Contas Abertas

RATIO PRO LIBERTAS.

XÔ CPMF!!!

Amazônia para Sempre

Ordem e Vigilia Contra Corrupcao

Deputado Aleluia

Sen Alvaro Dias

Sen Josse Agripino

Sen Arthur Virgílio

DIEGO CASAGRANDE

Reinaldo Azevedo

Claudio Humberto

BLOGANDO FRANCAMENTE

ATÉ QUANDO????

LABRE: Legalidade

Kibe Loco

Domínio Público - Pesquisa

Blog do Diego

incorreto

VIDEO I

VIDEO II

ATAS do Foro de São Paulo

Video FSP
FSP I
FSPII
FSPIII
prova_cabal

MADRAÇAIS DO MST

SAIBA MAIS SOBRE O FSP

A GUERRILHA DO ARAGUAIA

GRUPO GUARARAPES

A VERDADE SUFOCADA

Powered by Blogger

Powered by Blogger

Powered by Blogger

ARGUMENTO

VOTO SEGURO

APADDI

MOVIMENTO CORRUPÇÃO ZERO

Powered by Blogger

RATIO PRO LIBERTAS

ALERTA TOTAL

COTURNO NOTURNO

INCORRETO

RBS

CPI

SENADO FEDERAL

TRANSPARÊNCIA BRASIL

CAMARA DOS DEPUTADOS

RIO SEM LEI

CMRJ 63

.

IMPUNIDADE

VERGONHA NACIONAL

AVISO: As publicações com assinatura são de responsabilidade exclusiva de seus autores e podem ser reproduzidos com a citação da fonte