I M P U N I D A D E - VERGONHA NACIONAL

É INACEITÁVEL QUE A IMPUNIDADE E A VIOLÊNCIA SEJAM TRANSFORMADAS EM VALORES LEGÍTIMOS DO MORAL NACIONAL*** Não existe democracia onde não existe segurança do Direito com Soberania, Paz Social, Progresso, Integração Nacional e Integridade do Patrimônio Nacional.

20070330

Governo americano homenageia a Contra-Revolução de 31 de março de 1964


PDF Imprimir

Churrasco de confraternização pelo aniversário da Contra-Revolução
brasileira em 31 de março de 1964, em Camp David.

Do Observatório de Inteligência
Por Orion Alencastro

A Casa Branca e a Secretária de Estado Condoleezza Rice estão de parabéns pelo oportuno agendamento, em Camp David, do encontro do Presidente dos Estados Unidos da América George W. Bush e do Presidente da República Federativa do Brasil Luiz Inácio da Silva para o dia 31 de março de 2007, data comemorativa do aniversário da Contra-Revolução do Brasil, movimento cívico-militar e da imprensa brasileira que barrou a tentativa de se implantar a República Sindical Comuno-Socialista no território brasileiro.

Luiz Carlos Prestes foi a Moscou e avisou o Kremlin que estava tudo pronto para dar o golpe, inclusive com generais do povo. Em 20 de março, o General-de-Exército Humberto de Alencar Castello Branco, em circular do seu Comando no Estado-Maior do Exército, reconhecia a intranqüilidade e as indagações de seus subordinados nos dias que se seguiram ao discurso pronunciado pelo então presidente João Goulart, defronte à sede da Central do Brasil, em 13 de março de 1964.

Castello Branco manifestava a sua apreensão ante as duas ameaças que antevia: o advento de uma Constituinte para a consecução de uma reforma de base e o desencadeamento em maior escala de agitações generalizadas do ilegal poder da Confederação Geral dos Trabalhadores, a CGT. No documento, referia às funções dos meios militares nacionais, os quais não são instituídos para a defesa de programas governamentais, e menos ainda a sua propaganda, mas para garantir os poderes constitucionais.


Presidente Castello Branco
Traição das Forças Armadas, não!

"A insurreição é um recurso legítimo do povo. Pode-se perguntar: o povo brasileiro está pedindo uma ditadura militar ou civil e Constituinte? Parece que não". "...Entrarem as Forças Armadas numa revolução para entregar o Brasil a um grupo que quer dominá-lo para mandar e desmandar é mesmo para gozar o poder? Para talvez submeter a Nação ao comunismo de Moscou? Não, as Forças Armadas não podem atraiçoar o Brasil".

O Marechal Castello Branco, que se tornou o 25o. Presidente da República, proferiu as seguintes palavras na sua posse em 15 de abril de 1964, após ter um mandato aprovado pelo Congresso Nacional: " Defenderei e cumprirei com honra a Constituição do Brasil. Cumprirei e defenderei, com determinação, porque serei escravo das leis do país e permanecerei em vigília para que todos as observem com zelo".

Castello Branco, veterano da FEB, foi instrutor, orientador e organizador da tropa brasileira que seguiu em julho de 1944 para a Itália, mereceu os maiores elogios do Comandante Mascarenha de Morais e dos escalões superiores do V Exército dos Estados Unidos, foi ele com a sua circular de 20 de março quem deu o sinal para impedir que o Brasil se transformasse em satélite da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Camp David celebra a derrota do comunismo

A Contra-Revolução de 1964 é reconhecida pelos estrategistas da ex União Soviética, da Inglaterra, da França, dos EUA e por nós do "Brasil acima de tudo" como uma das maiores derrotas do Movimento Comunista Internacional. Depois da cabeça de ponte em Cuba, a tomada do Brasil por um governo comunista era fundamental para o domínio da América Latina e a sua transformação em URSAL - União das Repúblicas Socialistas da América Latina, ilusão e pretensão dos textos Foro de São Paulo.

A partir do Brasil, o MCI foi derrotado em todos os países da América Latina, ficando Cuba como museu. Esperamos que a data de 31 de março em Camp David sirva para alertar o governo e a sociedade brasileira que a história não se repetirá mas, se necessário for, "não tentem", como disse Jarbas Passarinho em seu brilhante artigo. O povo, a sociedade consciente e as forças morais do país se levantarão novamente para cumprir o destino que a história reservou à única Nação do mundo que se iniciou com a celebração de uma missa no dia 1o. de maio de 1500, sob o signo do Cruzeiro do Sul, a Cruz Verdadeira, a Terra de Santa Cruz. (OI/Brasil acima de tudo)

Links indicados

Powered by Blogger

L I N K S

impUNIDADE

info impunidade

info impunidade i

serviço ao eleitor

VOTO CONSCIENTE

cmrj 63

IMORTAIS GUERREIROS

ucho.info

Alerta Total

Coturno Noturno

grupoguararapes

ternuma.

Brasil acima de tudo

salve a patria

Christina Fontenelle

NOSSA VOZ - INFOMIX II

CRISE AÉREA

A CRISE DAS VAIAS

notalatina

inconfidencia

Contas Abertas

RATIO PRO LIBERTAS.

XÔ CPMF!!!

Amazônia para Sempre

Ordem e Vigilia Contra Corrupcao

Deputado Aleluia

Sen Alvaro Dias

Sen Josse Agripino

Sen Arthur Virgílio

DIEGO CASAGRANDE

Reinaldo Azevedo

Claudio Humberto

BLOGANDO FRANCAMENTE

ATÉ QUANDO????

LABRE: Legalidade

Kibe Loco

Domínio Público - Pesquisa

Blog do Diego

incorreto

VIDEO I

VIDEO II

ATAS do Foro de São Paulo

Video FSP
FSP I
FSPII
FSPIII
prova_cabal

MADRAÇAIS DO MST

SAIBA MAIS SOBRE O FSP

A GUERRILHA DO ARAGUAIA

GRUPO GUARARAPES

A VERDADE SUFOCADA

Powered by Blogger

Powered by Blogger

Powered by Blogger

ARGUMENTO

VOTO SEGURO

APADDI

MOVIMENTO CORRUPÇÃO ZERO

Powered by Blogger

RATIO PRO LIBERTAS

ALERTA TOTAL

COTURNO NOTURNO

INCORRETO

RBS

CPI

SENADO FEDERAL

TRANSPARÊNCIA BRASIL

CAMARA DOS DEPUTADOS

RIO SEM LEI

CMRJ 63

.

IMPUNIDADE

VERGONHA NACIONAL

AVISO: As publicações com assinatura são de responsabilidade exclusiva de seus autores e podem ser reproduzidos com a citação da fonte